21 agosto 2012



 



TÍTULO: Garotas de Vidro
AUTOR: Laurie H. Anderson
EDITORA: Novo Conceito
PAG: 272
ANO: 2012
SKOOB






 
Olá Docinhos!
Essa semana li um livro que estava louca para ler, pois pelas resenha que encontrei por ai, o ningóçu era #TENSO!
Só que me decepcionei um pouquinho... *suspira*
Minhas expectativas eram maiores...
Em todas as resenhas li que o que acontecia era tããão forte, que o pessoal tinha que fechar o livro para recuperar as forças.
Não sei se como estou acostumada a todo tipo de tortura e morte [dos livros de terror que tanto gosto], não me impressionei com o que aconteceu nesta historia...
Maaas... O livro não deixa de ser bom!
Tudo começa quando Cassie, a melhor amiga [bulimica] de Lia é encontrada morta, num quarto de motel. Ninguém sabe da causa da morte... Drogas? Fome? Assassinato? Só Deus sabe!
Mas o que atormenta Lia, é o fato de Cassie ter ligado 33 vezes em seu celular algumas horas antes, mas elas estavam brigadas ha algum tempo e por isso Lia ignorou as ligações.
Lia nos mostra como funciona a mente perturbada de uma garota que acha que seu peso ideal é 0. [hããã??? Como??? Não entendi...]
Ela nunca está feliz e acha que pode sempre perder mais. Hoje tem 40 kilos, amanhã vai ter 39, mas se chegou aos 39, pode chegar nos 35, e por ai vai.
Fora que tem horas que ela começa a pensar numas coisas que vão indo, indo, indo até chegar numa coisa que não tem nada a ver com o inicio do pensamento...
Todos a sua volta tentam ajudá-la. Seu pai, sua mãe e sua madrasta tentam de tudo para faze-la comer, desde recompensas até chantagens!
Além de não comer, Lia tem outra mania: Cortar o próprio corpo.
Não entendi o motivo dela fazer isso... Será que com a dor acabava esquecendo da fome?
Pois ela não se corta com a intenção de se matar. É só para sentir dor mesmo... #LOUCA

Bem... Após a morte de Cassie, os cuidados sobre Lia triplicaram, pois todo mundo pensava que ela cairia em depressão e seu caso poderia piorar. O que ninguém sabia é que o caso de Lia já era ruim, mas como todo doente, ela sabia disfarçar muito bem.
Lia nos apresenta seu "País Mágico" onde existem milhões de garotas como ela e Cassie: Um blog com várias mensagens de apoio as meninas que querem ser "limpas e vazias".
É tudo muito estranho!
Nenhuma delas nunca está feliz e se odeiam, pois mesmo com os ossos rasgando a pele de tão magras, ainda sim se sentem gordas e nojentas [como elas mesmas se descrevem]....
Lia está com a mente tão confusa, que começa a ver o fantasma de Cassie, que a persegue por todo lado e que sempre diz que a hora de Lia está chegando.

 


 Beeem... Peço desculpas pela resenha meia boca... Mas como disse no inicio: Eu esperava bem mais desta leitura...
Recomendo este livro aos pais que querem mostrar a suas princesinhas o lado feio de ser "bonita".





Beijokas e até a próxima!
Comentários
7 Comentários

7 comentários:

  1. Olá, Anny ^.^
    Bem, as resenhas que tenho lido por aí frisam muito as qualidade dessa obra e o tema é bem pesado, mas percebo que além dele falar do resultado do problema, aponta também para o fato de que a nossa sociedade, enquanto coletividade, está "doente", uma vez que é a própria mídia que cria essa doença, obsessão pela magreza. Bem, parabéns pela resenha, é importante expor as nossas perspectivas.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Essa foi a primeira resenha que li sobre esse livro, não sabia que o tema abordado era esse.
    É chato escrever uma resenha quando não se encontra a essência do livro :S
    Rafa :)
    Blog Melody
    http://rafaacarvalho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Gi, eu achei que sua resenha ficou ótima!
    Deu pra sacar bem qualéquié a do livro!
    Realmente estes casos anorexia e bulimia são muito tristes! A visão que essas meninas têm da realidade é totalmente distorcida. Quando eu li "Abzurdah", eu cheguei a xeretar algumas comunidades do Orkut (faz teeempo, hein!) e o que vi era exatamente isso que você falou: as meninas dão apoio umas às outras incentivando a serem "limpas", pois a comida é sujeira.
    Triste demais! Mas realmente é preciso saber como ajudá-las!
    Fiquei mais curiosa para ler o livro!
    beijão!!

    ResponderExcluir
  4. Oi Giani, estou retribuindo a visita. Pois bem, tenho esse livro ha algum tempo, mas depois de ler algumas resenhas negativas, deixei ele meio que de lado, não quero dizer que não vou lê-lo, vou sim, mas não agora. Apesar do fato de você ter se decepcionado com o livro, sua resenha passa longe de ser meia boca, está muito boa para quem não gostou do livro. Adorei seu blog. Aguardo mais visitas sua. Bjs...

    ResponderExcluir
  5. Como já tinha lido por ai resenhas sobre esse livro, sabia que o tema ñ er mto facil de se lidar. É um livro forte e como sou mto sensivel com esse tipo de coisa, ñ é um livro que eu pense de ler logo. Tenho de estar preparada pra ele.

    Bjus, @dnisin
    http://diamanteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oiie adorei a resenha, quero muito ler este livro.
    estou seguindo o seu blog !
    Poderia seguir o meu por farvor??
    http://nuvensdelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oiie.
    Tenho muita vontade de ler este livro também, por mais que os comentários que eu tenha visto por ai falem que ele aborda um assunto muito forte, mas como você, tenho muitas expectativas e tenho medo de me decepcionar.
    De qualquer forma, adorei a resenha!
    Beeijos

    https://cantodelivros.wordpress.com/

    ResponderExcluir

Gostou?! Comenta aiii!!!
E deixe seu link pra eu te visitar hein!!!
Beijokinhaaaa!!!

Gi, a estranha!

Prateleira de Fotos

Edição Especial - 7 Anos

Viajando...

Editoras Parceiras

Estranhices No Twitter

Estranhices no Instagram

Instagram

Beleza Nerd

Participo!

Todo Mundo Gostou!

Tecnologia do Blogger.

Encontre no Blog

Publicidade